Telegrama - Zeca Baleiro

sábado, 7 de abril de 2012 0 comentários
           


         Na indicação de hoje está essa maravilhosa canção do Zeca Baleiro - Telegrama. 
         O cantor José Ribamar Coelho Santos nasceu em Maranhão e é além de excelentíssimo cantor, compositor e um talentosíssimo músico é  também cronista onde até chegou a lançar um livro intitulado  Bala na agulha. Esteve muito envolvido com grandes nomes da música popular brasileira, como Fagner, no qual viajavam juntos para shows, também com outros como Simone, Gal Cotsta, Elba Ramalho, Luíza Possi, Claudia Leitte, Ana Carolina entre outros.
        Essa canção desempenha uma função animadora e descreve atitudes simples de alguém que encontra a felicidade em coisas simples, como em simplesmente cumprimentar alguém, bem sei que fiz uma descrição muito pobre aos efeitos da música, porque realmente só ouvindo pra entender


      Este é um vídeo feito na Virada Cultural na cidade de São Paulo em 2009 onde Zeca faz um medley com a canção Toca Raul






Telegrama
Zeca Baleiro


Eu tava triste
Tristinho!
Mais sem graça
Que a top-model magrela
Na passarela
Eu tava só
Sozinho!
Mais solitário
Que um paulistano
Que um canastrão
Na hora que cai o pano
Tava mais bôbo
Que banda de rock
Que um palhaço
Do circo Vostok...

Mas ontem
Eu recebi um Telegrama
Era você de Aracaju
Ou do Alabama
Dizendo:
Nêgo sinta-se feliz
Porque no mundo
Tem alguém que diz:
Que muito te ama!
Que tanto te ama!
Que muito muito te ama,
que tanto te ama!...
Por isso hoje eu acordei
Com uma vontade danada
De mandar flores ao delegado
De bater na porta do vizinho
E desejar bom dia
De beijar o português
Da padaria...

Hoje eu acordei
Com uma vontade danada
De mandar flores ao delegado
De bater na porta do vizinho
E desejar bom dia
De beijar o português
Da padaria...

Mama! Oh Mama! Oh Mama!
Quero ser seu!
Quero ser seu!
Quero ser seu!
Quero ser seu papa!...(2x)

Eu tava triste
Tristinho!
Mais sem graça
Que a top-model magrela
Na passarela
Eu tava só
Sozinho!
Mais solitário
Que um paulistano
Que um vilão
De filme mexicano
Tava mais bôbo
Que banda de rock
E um palhaço
Do circo Vostok...

Mas ontem
Eu recebi um Telegrama
Era você de Aracaju
Ou do Alabama
Dizendo:
Nego sinta-se feliz
Porque no mundo
Tem alguém que diz:
Que muito te ama!
Que tanto te ama!
Que muito te ama!
Que tanto, tanto te ama!...

Por isso hoje eu acordei
Com uma vontade danada
De mandar flores ao delegado
De bater na porta do vizinho
E desejar bom dia
De beijar o português
Da padaria...

Hoje eu acordei
Com uma vontade danada
De mandar flores ao delegado
De bater na porta do vizinho
E desejar bom dia
De beijar o português
Da padaria...

Me dê a mão vamos sair
Prá ver o sol!

Mama! Oh Mama! Oh Mama!
Quero ser seu!
Quero ser seu!
Quero ser seu!
Quero ser seu papa!...(2x)

Hoje eu acordei
Com uma vontade danada
De mandar flores ao delegado
De bater na porta do vizinho
E desejar bom dia
De beijar o português
Da padaria...(2x)

Mama! Oh Mama! Oh Mama!
Quero ser seu!
Quero ser seu!
Quero ser seu!
Quero ser seu papa!...(4x)

Me dê a mão vamos sair
Prá ver o sol!

0 comentários:

Postar um comentário

Sem contemplação, o interessante é a participa-ação, Comente bem

 

©Copyright 2011 O narrador | TNB